Redução de custos através da revisão de processos

23 de março, 2016

Planisa 3670fO momento econômico que o Brasil atravessa atualmente, com inflação e juros altos, além de  aumento do custo operacional, tem feito com que muitas empresas repensem seus processos a fim de reduzir custos e manterem sua competitividade. Esse foi justamente o tema debatido no Café da Manhã Anahp da última terça-feira (22/03), oferecido pela Planisa, empresa especializada no planejamento e organização de instituições de Saúde.

Sérgio Lopez Bento, Diretor Técnico da Planisa, abriu os trabalhos falando sobre o cenário econômico do Brasil, destacando que a conjuntura atual é bastante adversa para o setor da Saúde.

Segundo ele, o aumento do desemprego formal, por exemplo, acarreta em queda na quantidade de beneficiários da saúde suplementar, o que afeta diretamente a receita das operadoras de planos de saúde e, por consequência, dos hospitais. Além disso, a inflação elevada gera impacto no custo salarial dos prestadores, principal item individual de custos dos prestadores. Para piorar, a desvalorização cambial do Real frente ao Dólar americano traz reflexos para o custo dos insumos, pela ordem, o segundo item individual de custos dos prestadores.

Acompanhado de José Geraldo Chaves Filho, Sócio-Diretor da Lure Consultoria Corporativa, Sérgio Lopez Bento apresentou as metodologias de apuração de custos e as informações para gestão e redução de custos hospitalares; falou sobre o uso de ferramentas de gestão de processos na redução eficaz de custos: eliminação de retrabalhos, otimização de fluxos, redução de estoques, dentre outros; e exibiu as ferramentas de gestão de processos e o envolvimento das equipes na solução e otimização de processos.

Para o Diretor Técnico da Planisa, aperfeiçoar a eficácia de um hospital depende necessariamente de um acompanhamento constante dos serviços oferecidos. “Ainda hoje são poucos os hospitais que conseguem obter informações de forma sistemática. Um numero só faz sentido quando comparado a outro. É fundamental estabelecer referência de comparação”, disse.

Sérgio Lopes Bento afirmou também que hospitais são organizações de operação complexa, com receitas e custos atomizados, com grande quantidade de centros de custos e de centros de geração de receita. De acordo com sua opinião, esta complexidade permite analisar os custos e resultados sob diferentes dimensões de análise, exigindo sistemas de informação abrangentes e capazes de processar grande quantidade de dados.

“O foco deve ser a busca incessante por ganhos de eficiência e produtividade. Recomendo a padronização dos processos assistenciais, de apoio e administrativos, investindo na revisão, automatização e otimização dos mesmos, eliminando tudo o que não agregar valor ao paciente; a gestão total de custos e resultados, procurando aumentar a competividade da organização, através da geração e análise adequada de informação estratégica e gerencial do negócio e da assistência”, completa.

Especializado na gestão de processos usando metodologias de Lean Healthcare, Business Process Managment, indicadores de resultado e eventos Kaizen, José Geraldo Chaves Filho, Sócio-Diretor da Lure Consultoria Corporativa, apresentou um case em que foi aplicada a dinâmica do Lean Healthcare.

Na ocasião, foram sugeridas 3 macro soluções para a melhoria do hospital: programação do atendimento (PCP de consultas eletivas e aplicação de QT); redefinição de movimentação e transporte (layout e pessoal de assistência); e organização e gestão de recursos (formulários, equipamentos e estoques).

Ao fim do processo, houve distribuição uniforme dos pacientes ao longo do dia, programação do atendimento, organização e gestão de recursos, ampliação da capacidade de atendimento, menor tempo de espera para atender ao paciente e maior acerto nas prescrições.

“Muitos hospitais têm sistemas capazes de gerar muitas informações, mas não são cobrados a melhorarem seus desempenhos de acordo com esses dados. Por isso é fundamental ter uma dinâmica para absorver esses dados e transformá-los em alavancas para a melhoria do atendimento e redução dos custos”, enfatiza.

Informações

A Associação Nacional de Hospitais Privados Anahp é uma entidade representativa dos principais hospitais privados de excelência do país

ANAHP – São Paulo
Rua Cincinato Braga, 37,
3º e 4º andares.
Paraíso – São Paulo – SP
CEP 01333-011
+55 11 3178 7444

 

ANAHP – Brasília
SH/Sul Quadra 06, Conjunto A, Bloco E – 8º andar – Sala 801 Park
Brasília – DF
CEP 70322-915
+55 61 3039 8420

Área do associado

  • Copyright © 2019 Anahp. Todos os direitos reservados

X