Este conteúdo é de autoria de um hospital associado à Anahp

Einstein recebe reconhecimento da Sociedade Americana de Oncologia Clínica por tratamento de câncer de alta qualidade

Além das unidades Morumbi e Perdizes, o Hospital Municipal Vila Santa Catarina – Dr. Gilson de Cássia Marques de Carvalho, unidade pública gerida pela organização, também participou das avaliações

A certificação, que atesta excelência de cuidados ambulatoriais na oncologia clínica, favorece a padronização dos processos nas três unidades

O Einstein foi certificado pela maior associação de oncologia dos Estados Unidos para tratamento de câncer. O programa se baseia na Iniciativa de Prática de Qualidade em Oncologia (QOPI)®, da ASCO (Sociedade Americana de Oncologia Clínica), e atesta que as práticas ambulatoriais de hematologia-oncologia do hospital atendem aos padrões reconhecidos internacionalmente para cuidados oncológicos seguros e de qualidade.

Com duração de três anos, a certificação se estende para as unidades privadas do Morumbi e Perdizes, além do serviço oncológico do Hospital Municipal Vila Santa Catarina – Dr. Gilson de Cássia Marques de Carvalho, unidade pública gerida pela organização, em São Paulo. O hospital da rede municipal é a primeira instituição pública do país a receber o selo.

Para obter a certificação, as áreas de oncologia das três unidades participaram de uma avaliação voluntária abrangente do local e cumpriram com sucesso os padrões e objetivos especificados pelo Programa de Certificação QOPI®, que incluem: planejamento do tratamento oncológico; preparo, administração e monitoramento após quimioterapia; avaliação do bem-estar do paciente; treinamento dos profissionais e educação do paciente.

De acordo com Nam Jin Kim, diretor médico da Oncologia e Hematologia Einstein, o programa agregou valor ao dia a dia da assistência e favoreceu a padronização dos processos nas três unidades. “Estamos muito satisfeitos, sobretudo por conseguirmos refletir a mesma qualidade e segurança no cuidado aos nossos pacientes da rede privada para aqueles que atendemos no SUS. Isso faz com que possamos continuar cumprindo o propósito da organização, que é o de promover não só acesso, como também equidade na saúde”, afirma. 

“Ao passar pelo processo de certificação, as práticas estão garantindo que os pacientes estejam no foco de seu trabalho, buscando melhores experiências e resultados para os pacientes”, diz o presidente do conselho da associação, Everett E. Vokes, MD, FASCO.

Sobre a Oncologia Einstein

Desde 2013, o Einstein foca, por meio do Centro de Oncologia e Hematologia Einstein Família Dayan – Daycoval, na integração e no cuidado individualizado para melhorar os desfechos do tratamento e a qualidade de vida dos pacientes oncológicos, tendo aumentado significativamente seu programa por meio de colaborações internacionais que possibilitaram o intercâmbio de tecnologia, conhecimento e pesquisas. O Centro, inclusive, foi eleito no segundo semestre de 2023 como o melhor serviço da América Latina nessa área, pelo ranking World’s Best Specialized Hospitals 2024, da revista Newsweek.

Atualmente, o Einstein também se dedica à inauguração de seu novo Centro de Cuidados e Terapias Avançadas em Oncologia e Hematologia, um espaço acadêmico de pesquisa de classe mundial e complexo assistencial que atuará em todas as etapas do cuidado. O local irá liderar a adoção da medicina de precisão por meio de planejamento de cuidados personalizados, inovação, big data, terapia celular, ciência e tecnologia. Além disso, reunirá uma equipe multidisciplinar especializada, que atuará dentro de uma cultura de aprendizado e educação contínuos em benefício dos pacientes e seus familiares.

Fonte: Hospital Israelita Albert Einstein

Compartilhe

Você também pode gostar:

Einstein lança graduação em Psicologia

Além de uma formação generalista completa, programa oferece ênfases em avaliação psicológica, psicologia clínica e promoção da saúde e bem-estar  O Ensino Einstein terá uma nova graduação em 2025: Psicologia.

Leia mais