Anahp divulga dados inéditos sobre uso de Inteligência Artificial em hospitais privados

Levantamento feito em parceria com ABSS visa fomentar projetos de startups focados em soluções para a saúde; iniciativas inovadoras ganham espaço no Conahp 2023

Aprimorada para a melhoria da gestão hospitalar e assistência à saúde, a Inteligência Artificial (IA) surge como ferramenta imprescindível para o setor na atualidade. É o que mostra um levantamento inédito realizado pela Anahp (Associação Nacional de Hospitais Privados) junto aos seus associados, trazendo dados sobre o uso da IA em hospitais brasileiros.

O mapeamento foi realizado durante os meses de julho, agosto e setembro de 2023, em parceria com a ABSS (Associação Brasileira de Startups de Saúde) e patrocínio da Bionexo.

De acordo com Felipe Cabral, coordenador do GT Tecnologia e Inovação em Saúde da Anahp e gerente médico de Saúde Digital do Hospital Moinhos de Vento, o material tem como objetivo compreender o grau de maturidade dos hospitais para o uso da tecnologia, bem como balizar a criação e aperfeiçoamento de soluções com IA para o segmento hospitalar.

Dos 45 hospitais respondentes, 55,1% dos entrevistados afirmam ter investido, nos últimos dois anos, em soluções que têm a IA como base para a entrega de valor de resolução dos problemas e 62,5% declaram que já utilizam a tecnologia de alguma forma em seus processos, entre eles a criação de chatbots de atendimento, ampliação da segurança da informação e apoio à decisão clínica, além de aperfeiçoamento nas análises de imagens médicas. A pesquisa revela ainda que 51% dos hospitais que investiram em IA obtiveram resultados práticos (confira o estudo na íntegra aqui).

“Esse dado, certamente, é um indicativo de que a IA está sendo vista como importante ferramenta para melhorar a eficiência, a precisão e a qualidade dos serviços de saúde. Contudo, a forma como vem sendo utilizada ainda foca mais nas situações administrativas, tendo um campo bastante amplo para expansão nas atividades clínicas”, detalha.

No entanto, conforme explica Cabral, as instituições ainda encontram algumas barreiras para avançar na área. Entre os principais desafios citados na pesquisa estão a falta de interoperabilidade sistêmica e o custo elevado de implantação. “A dificuldade para engajar o corpo clínico e segurança dos dados também foram elencados pelos participantes como pontos que precisam ser superados para que a implantação da IA seja bem-sucedida”, destaca o especialista.

Para garantir maior segurança e suporte aos hospitais que buscam inovar, segundo Cabral, o crescimento da IA nos hospitais deve ser acompanhado de perto por reguladores e profissionais de saúde, para garantir que seja feito de forma ética e responsável.

“Com o avanço da tecnologia de IA de forma segura e consistente, é provável que surjam novas aplicações e melhorias nas soluções existentes, tornando a IA ainda mais atraente para os hospitais. Com isso, na medida em que mais hospitais implementam soluções de IA e demonstram melhorias tangíveis na qualidade dos cuidados de saúde e na eficiência operacional, outros hospitais serão incentivados a seguir o exemplo”, completa.

Conahp 2023

Com a perspectiva de ampliação nos investimentos em IA no setor hospitalar, o estudo aponta também que 38% dos entrevistados acreditam que startups possam trazer novas abordagens para os desafios da implementação da tecnologia. Esta será uma das temáticas principais do Conahp 2023 (Congresso Nacional de Hospitais Privados), o encontro mais importante do setor no país, que acontecerá em São Paulo nos dias 18 e 19 de outubro.

Com um palco estratégico, especialistas do setor debaterão os desafios e aplicabilidade da IA nos hospitais, trazendo cases nacionais e internacionais a fim de compartilharem experiências positivas sobre o uso da tecnologia nas diversas áreas da saúde.

Além disso, todos os anos, o Conahp, promovido pela Anahp, realiza o Desafio de Inovação, um projeto com foco em startups, cujo objetivo é mapear empresas que estejam desenvolvendo soluções inovadoras que possam ser de interesse para os hospitais e participantes do evento. Para a edição de 2023, o desafio receberá projetos de startups que apresentem soluções de IA dentro dos pilares: Modelo Assistencial, Modelo de Gestão e Processos e Atendimento e Experiência do Paciente.

Com inscrições abertas pelo site do Conahp, o programa irá contribuir para capacitar e acelerar o processo de inovação e transformação digital nos hospitais. Para Rafael Barbosa, CEO da Bionexo, a parceria com a Associação é um caminho para fomentar a inovação, que é pautada em conexões.

“Nós acreditamos que, como empresa de tecnologia que há muitos anos investe em inovação, temos responsabilidade em fomentar o avanço do setor na criação e adoção de tecnologia. Acreditamos também que inovação se faz juntos, de portas abertas, e criando conexões como as que estamos propondo aqui. Portanto, é uma honra para nós poder puxar esta frente de startups de IA na saúde junto com a Anahp”, destaca.

Já de acordo com Helen Mazarakis, diretora Operacional da ABSS, também parceira da Anahp nesse projeto, a oportunidade abre caminhos para estimular uma grande mudança no cenário da saúde no Brasil.

“Temos, hoje, uma ampla gama de possibilidades e recursos que podem ser utilizados em prol do desenvolvimento do setor, e os principais ganhos são a melhoria da assistência à saúde e a ampliação do acesso a serviços de qualidade. Para nós, o Desafio de Inovação do Conahp 2023 é uma oportunidade de aproximar startups das instituições, gerando soluções efetivas e alinhadas às principais dores do mercado de saúde”, finaliza.

Mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas aqui.

Compartilhe

Você também pode gostar:

Anahp Apoia | Programa CEO Saúde da FGV

Associados Anahp têm desconto no curso voltado para gestão hospitalar Líderes do setor de saúde enfrentam desafios como regulamentação, aumento de doenças crônicas, gastos crescentes e novas tecnologias. O programa […]

Leia mais