Em cinco anos, gastos dos planos de saúde aumentam R$ 49 bilhões

Os gastos do sistema de saúde suplementar no Brasil subiram 40% entre 2012 e 2017, ou R$ 49 bilhões a mais, segundo estudo encomendado pela Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp). A principal razão por trás desse avanço, de acordo com os organizadores do levantamento, foi o aumento da frequência do uso dos serviços disponíveis pelos pacientes. Críticos do setor, no entanto, dizem que o avanço pode ser um problema de má gestão.

Em 2012, cada usuário de plano de saúde realizou 21,1 eventos, como consultas e atendimentos ambulatoriais. Em 2017, esse número subiu para 28,1, segundo o estudo.

Martha Oliveira, diretora executiva da Anahp, diz que vários fatores explicam a maior frequência de pacientes nos consultórios e hospitais. Entre eles, a crise econômica, que fez muita gente, por medo de perder o emprego e o plano de saúde, antecipar exames e consultas.

O advogado Rafael Robba, especialista em Direito à Saúde e sócio do escritório Vilhena Silva, discorda das conclusões da pesquisa:

– Se está havendo abusos, são as operadoras que devem fazer o gerenciamento desse atendimento. Parece uma conclusão muito simplista dizer que o paciente está utilizando mais o sistema.

Fonte: O Globo
Data: 14/09/2018

Posts relacionados

ÁREA DO ASSOCIADO

Rua Cincinato Braga, 37,  3º e 4º andar – Paraíso
São Paulo – SP
CEP 01333-011

  • Copyright © 2018 Anahp. Todos os direitos reservados

X